Francisco André

 

Natural de Vitória da Conquista-BA. Licenciado em Teatro pela Universidade Federal da Bahia (2008). Possui Mestrado (2014) e atualmente é Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFBA. Foi Coordenador de Produção na Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). Tem experiência na área das Artes Cênicas como ator, professor de teatro, dramaturgo e produtor cultural. Pelo seu trabalho como ator no espetáculo Auto da Gamela recebeu indicação ao Prêmio Braskem de Teatro (2007). É autor e editor do livro O Vento da Cruviana (2014), publicação sobre a sétima montagem do Grupo de Teatro Finos Trapos, e organizador do livro Oficinão Finos Trapos: Uma Pedagogia do Teatro de Grupo em Cinco Cidades Baianas (2014). Atua principalmente com os seguintes temas: teatro de grupo; pedagogia do teatro; processo colaborativo de criação; educação não-formal;  educação profissional e currículo.

Francisco iniciou sua carreira como ator no Grupo Caçuá de Teatro, antigo Grupo de Teatro da Uesb (2000). Filou-se ao Grupo de Teatro Finos Trapos em 2005, logo após a sua mudança para Salvador, em razão dos estudos na Universidade.  Desde então desempenha no Grupo Finos Trapos as funções de ator, dramaturgo, coordenador pedagógico de projetos, professor de teatro e pesquisador.

 

 

 Frank Magalhães

 

Ator, encenador, educador e produtor cultural. Graduado em Foto: Aroldo FernandesLicenciatura em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia. Atuou como Arte-Educador pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia e na Rede Municipal de Ensino da Prefeitura Municipal do Salvador, na Superintendência de Meio Ambiente, desenvolvendo Projetos de Arte Educação e no Programa Salas Verdes do Ministério do Meio Ambiente. Lecionou pela Pró-Reitoria de Extensão e Ensino na Universidade Estadual de Feira de Santana no CUCA (Centro Universitário de Cultura e Artes). É um dos membros fundadores do Grupo A Barca de Teatro, em Feira de Santana. Tem experiência na área de teatro como ator, encenador, professor, iluminador e produtor. Atua no campo da pedagogia teatral através de Projetos de formação de atores,  professores de teatro, teatro-empresa, em processos de encenação, com grupos teatrais e em intervenções aísticas-pedagógicas. Atualmente, é Coordenador de Cultura do Sindicato dos Bancários da Bahia. Em sua carreira profissional fora do Grupo Finos Trapos, atuou como intérprete em diversos espetáculos teatrais na Bahia e no Japão. Como encenador, dirigiu trabalhos dentro e fora do Finos, e por seu trabalho de encenação em “O Vento da Cruviana”, foi indicado ao Prêmio Braskem de Teatro 2014 na categoria Revelação.

 Frank Magalhães iniciou a sua trajetória no Grupo de Teatro Finos Trapos como finocolaborador integrando os projetos desenvolvidos a partir de 2007. Oficializou sua integração como membro fixo do grupo em 2008, com o início do processo de criação de Gennesius – Histriônica Epopéia de um Martírio em Flor. Atualmente é representante jurídico da Finos Trapos Produções Artísticas LDTA.

 

Thiago Carvalho

 

 Ator, pesquisador, Performer e Produtor Cultural. Mestre pelo Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas (PPGAC-UFBA), é Bacharel em Artes Cênicas pela UFBA, Tutor dos Planos Municipais de Cultura (EAD), Tutor do Projeto de Pesquisa “Memória, dramaturgia, dramaturgismo: histórias de vida como modelos de ação-Fase I, II e III”. Em sua trajetória artística, integrou o Grupo Caçuá de Teatro, Família PAFATAC e o Grupo OPERAKATA, ambos de Vitória da Conquista. Mudou-se para Belo Horizonte em 2008 onde integrou o elenco do Projeto Oficinão Galpão Cine Horto do Grupo Galpão, que teve como resultado o espetáculo “ARRISCAMUNDO” sob a direção de Kênia Dias.  Atuou como pesquisador do NUPT (Núcleo de Pesquisa e Treinamento do Ator da UFMG), Teatro 171 e participou do Projeto Pé na Rua, também do Galpão Cine Horto, que teve como resultado o espetáculo “Sonho de Uma Noite de São João”. De volta à Bahia em 2010, atuou em inúmeros espetáculos dentro e fora da Escola de Teatro como “Bonitinha, mas Ordinária”, Lady Lilith, Adão, A Claque e Eva.

Como produtor, trabalhou em alguns espetáculos como: Quase Nada, As Aventuras do Maluco Beleza, Casulo - Uma intervenção Trans, Certa Feita, I e II Seminário Nacional de Planos Municipais de Cultura e Alinhamento Técnico (MINC-UFBA), Ivan e os Cachorros (SP), Lazanha e Raviolli (RJ), Corpo Santo (PA), dentre outros.

 Passa a  integrar  oficialmente o Grupo Finos Trapos em 2010. Antes,  já havia realizado dentro do Grupo alguns trabalhos como finocolaborador e produtor cultural.

 

 

 

 

 

Fina Agenda Resumida

Blog