Roberto de Abreu, Sotaque Nordestino, 2009. 

Foto: Arquivo Finos Trapos

 

 

 

 

“Meu teatro não é mentira, nem um naco dele é mentira. É tudo prenhe da verdade que sinto. É a verdade do sonho. Verdade pura singela e simples. Sou um operário da verdade. Um artesão do sonho. Mas vósmicês não compreenderão isso nunca. E vôs micês sabem porquê? Sabem porquê? Porque a alma de vósmicês tem pouco viço, pouca fibra, é vão e vazio de nada. "

Trecho de Gennésius – Histriônica Epopeia de um Martírio em Flor.

Dramaturgia e encenação: Roberto de Abreu

 

 Roberto de Abreu em "O Caçador de Bruxas", Fragmento de Sagrada Folia.

Foto: Arquivo Finos Trapos

 

Desde 27 de Fevereiro de 2015 o Grupo de Teatro Finos Trapos está triste.

Um dos nossos cravos foi desabrochar em outras terras e nos deixou com o peito cheio de saudades...

Ele agora é uma estrela a nos guiar pelos caminhos que continuarão.

Seremos eternamente gratos por tudo o que formamos e aprendemos com ele, braço forte, pulso firme e encorajador.

Aqui ratificamos a nossa solidariedade à sua família, que é um pouco nossa também, ao pessoal do Grupo de Pesquisa Olaria, aos demais alunos da UESB, aos seus colegas professores...

Aos tantos amigos nossos que nos marcaram em suas manifestações de carinho e lembrança.
Muito obrigado!

A opção que fazemos é guardar na memória os momentos em que éramos contemplados com o seu sorriso, aquela risada potente que ele tinha e que contagiava a todos. Também será para sempre a nossa referência, o seu amor incondicional pelo TEATRO, pela sua arte, pelo seu trabalho e pela vida que dedicava à este labor...

Beto, que a sua estrada seja de luz, flores e passarinhos. Encantos, delicadezas e ternuras... Como você gostava, como você desejava. Dorme em paz bravo colega! Nós sentiremos muito a sua falta, mas sabemos que de algum modo você estará sempre perto...

Que a tua luz brilhe e irradie pela imensidão de todas as dimensões, você é este Grupo e nós somos você. Sentiremos a sua falta, mas também sabemos que você está em um lugar onde tudo é luz, amor, afeto e gentileza...

Como você! 
Como nós...

Evoé!
Siga tua luz...

 

Primeiros passos do Grupo Finos Trapos. 

Registro de Ensaio - Rosário e os Surubins - Cordel de Roberto de Abreu (Não chegou a ser encenado pelo Grupo!)

Foto: Arquivo Finos Trapos

 

 

Camarim do Fino Repertório, Projeto Afinações, 2012.

Última ação desenvolvida por Roberto de Abreu junto ao Grupo Finos Trapos.

Foto: Maurício Lídio.

Fina Agenda Resumida

Blog