Fórum de Discussão Realizado em Alagoinhas-BA.

Foto: Arquivo Finos Trapos

 

O Território de Identidade Sertão Produtivo, importante celeiro cultural do Estado da Bahia, receberá o fórum de discussão: Desafios e Perspectivas das Artes Cênicas no Interior Baiano: iniciativas públicas e privadas promovido pelo Grupo de Teatro Finos Trapos, no dia 24 maio (quarta-feira), às 19h, no Auditório da UNEB - Campus XII (416, R. A, 394, Guanambi - BA). O público-alvo destas ações são estudantes de graduação, pós-graduação, educadores, artistas e gestores públicos. Com acesso gratuito e não é necessário fazer inscrição prévia.

 O Fórum de Discussão possui como objetivo, discutir sobre as políticas públicas para as artes, desenvolvidas pela sociedade civil e poder público no município de Guanambi, pensando na articulação de ações junto às demais cidades do Território de Identidade Sertão Produtivo. O intento deste espaço é reunir artistas/educadores, representação da gestão pública (estadual e municipal) um membro do grupo Finos Trapos (proponente do projeto) e uma mediadora.  

 

Confira os convidados da Etapa Guanambi

 

ARTISTA E EDUCADORA

Os convidados serão Ana Fernandes licenciada em Educação Artística - Habilitação em Música pelo Instituto de Artes da UNESP (1993). Especialista em Planejamento Educacional pela UNIVERSO (1995). Especialista em Educação, Desenvolvimento e Políticas Educativas pela ULHT (2005). Atualmente é Professora Assistente da UNEB - Campus XII Guanambi- BA, onde também coordena o Centro de Extensão e Pesquisa Artístico Cultural (CEPAC) e é diretora/fundadora do Grupo Artístico Bem-te-vi Guanambi.

  

ARTISTA, GESTOR E EDUCADOR

Nando Dias, licenciado em Educação Física pela UNEB, diretor, ator, palhaço e membro fundador da Trupe dos Dobradores de Arte. Trabalha na área do teatro há 15 anos. Esteve gerente de Cultura em Caetité-BA (2015-2016). Há 5 anos é coordenador artístico da Casa Anísio Teixeira e coordena o projeto de Oficinas de Teatro e dança contemporânea para secretaria de Cultura do Município de Igaporã-BA.

 

PODER PÚBLICO ESTADUAL

Gabriela Sanddyego  é atriz e professora de teatro licenciada pela Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia. Trabalha na Fundação Cultural do Estado da Bahia desde 2012. Atualmente responde como coordenadora interina da Coordenação de Teatro da FUNCEB, setor responsável pelas políticas culturais da área no Estado.  

 

PODER PÚBLICO MUNICIPAL 

Maristela de Souza Teixeira Cavalcante, educadora e atual secretária de cultura da Prefeitura Municipal de Guanambi. 

 

MEDIAÇÃO

Poliana Bicalho  mestre em teatro (PPGAC/UFBA), com  pesquisa voltada ao campo da mediação cultural, formada em Licenciatura em Teatro/UFBA (2011) e Comunicação com habilitação em Jornalismo/UESB (2008). Empreendedora Individual empresa C.R.I.A.R.E Projetos Culturais e Educacionais. Como produtora freelancer desenvolve ações na concepção e gerenciamento de projetos artísticos nas áreas de artes cênicas, música e artes visuais e de ensino da arte.

  

GRUPO FINOS TRAPOS

Francisco André é licenciado em Teatro pela Universidade Federal da Bahia (2008), possui mestrado acadêmico (2014) e é doutorando em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFBA (2016). É membro do Grupo de Teatro Finos Trapos (BA) desde 2005. Foi Coordenador de Produção e Assessor na Dirart/Coordenação de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (2014-2017). Tem experiência na área das Artes Cênicas como ator, dramaturgo, professor de teatro, produtor cultural e diretor. Possui indicações a prêmios pelo seu trabalho como ator e dramaturgo, dentre eles o Prêmio Braskem de Teatro (2008) - por sua atuação no espetáculo “Auto da Gamela” (2007).

 

 

Serviço:

O que: fórum de discussão: Desafios e Perspectivas das Artes Cênicas no Interior Baiano: iniciativas públicas e privadas

Quando: 24 de maio, às 19h.

Quanto: Gratuito

Onde: Campus XII – Universidade do Estado da Bahia  (416, R. A, 394, Guanambi - BA) 

Maiores informações:  www.grupofinostrapos.com.br

Realização: Finos Trapos Produções.

Apoio financeiro: Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

 

 

    

Blog