"O tempo furioso automatiza, forma e deforma os cidadãos das grandes metrópoles."

 

 

 

Bastidores do Oficinão Finos Trapos 2017

Foto: Poliana Bicalho

  

Será encenado nos dias 20 e 21 de outubro em Salvador, no Teatro Gregório de Mattos, às 16h, a Mostra Cênica Alvorada e Entardecer da Gente Anoitecida. A encenação tem dramaturgia de Francisco André, encenação de Frank Magalhães e produção executiva de Thiago Carvalho. O elenco é composto pelos alunos da sétima edição do Curso Oficinão Finos Trapos. 

 

A trama narra o cotidiano na vida dos cidadãos da cidade de Doutrinlândia – A Cidade Mais que perfeita. Dos primeiros raios de sol ao crepúsculo, os cidadãos que moram na Chapada dos Desolados correm contra o tempo para ganhar a vida sem se perder no novelo dos Tecelões do Tempo e outras criaturas míticas que encontram pelo caminho. No espetáculo o público se torna também um personagem da trama - o estrangeiro -  que afeta e é afetado pelas relações que se estabelecem entre criaturas míticas, arquetípicas e naturalistas da trama.

 

O resultado cênico Alvorada e Entardecer da Gente Anoitecida, duração de 60min,  é oriundo da condução de um processo de formação de atores baseado na metodologia do teatro colaborativo que contou com a participação de cerca de 34 alunos, no âmbito do Curso Oficinão Finos Trapos, com uma carga-horária formativa de  44h e que se iniciou no dia 18 de setembro. A temática desta Mostra configura-se como uma grande metáfora das relações entre centro e periferia presentes nas grandes cidades, a exemplo de Salvador e como os sujeitos-alunos-atores indagam este espaço.

 

A Mostra é uma ação integrante do projeto Trilha de estórias nos Trilhos do Subúrbio Montagem do Espetáculo "Ponta D'areia - Pedaço do Céu" do Grupo de Teatro Finos Trapos, selecionado no Edital Arte em Todo Dia - Ano III, realizado pela Fundação Gregório de Mattos (FGM) da Prefeitura de Salvador e que desenvolverá  ainda outras atividades, em 2018.

 

 

 Bastidores do Oficinão Finos Trapos 2017

Foto: Poliana Bicalho

 

 

FICHA TÉCNICA

 

Dramaturgia: Francisco André

Encenação: Frank Magalhães

Elenco:  Ade Argolo, Adolfo Cesar, Aila Monteiro, Alan Luís, André Cardoso, Ariane Rodrigues , Bruna Taiss, Clauter Martins, Davis, Edlene Silva, Flora Rocha, Franclin Rocha, Gabriela Baqueiro, Henrique Miranda, Iago Gonçalves, Ingrid Lago, Ingrid Miranda, Ive Carvalho, Jean Morales, Jorge Sodré, Juliana Luz, Kalú Santana, Lahana Olipa, Liana Perez, Liliane Pires, Marcos Machado, Mario Smith, Matheus Menezes, Rafaelle Aragão, Rejane de Sousa, Sara Andrade, Sergio Agnelo,Terezinha Passos, Ulisses Pavinič.

Direção Musical: Gabriel Carneiro

Músicos: Gabriel Carneiro e Matheus Menezes.

Figurino e Maquiagem: Bruna Taiss, Ingrid Miranda, Liana Perez e Rafaelle Aragão.

Adereços: Frank Magalhães 

Coordenação de Produção: Thiago Carvalho

Produção Executiva: Bruna Taiss,Flora Rocha, Henrique Miranda,Marcos Machado, Matheus Menezes, Rafaelle Aragão, Sergio Agnelo.

Programação visual: Yoshi Aguiar

Assessoria de Imprensa: Poliana Bicalho

Fotografia: Ingrid Lago

Mediação Cultural: Poliana Bicalho

  

SERVIÇO

O que:  Mostra Cênica: Alvorada e Entardecer da Gente Anoitecida

Quando:  20 e 21 Outubro de 2017, às 16h.

Quanto: Gratuito (Distribuição de senhas 1h antes do inicio do espetáculo)

Onde: Teatro Gregório de Mattos ( Praça Castro Alves, s/nº - Centro)

Classificação: 12 anos

Mais informações:  www.grupofinostrapos.com.br

Realização: Finos Trapos Produções

Apoio financeiro:  Edital Arte em Toda Parte - Ano III, realizado pela Fundação Gregório de Mattos (FGM) da Prefeitura de Salvador.

 

Blog