"Braseiro", de Marcos Barbosa 

 

 

Também integrando o projeto "Finos Trapos Abrigo e Morada", a segunda edição do Sotaque nordestino  ocorreu na Sala principal do Teatro Xisto Bahia no dia 08 de Setembro de 2008.

O Texto encenado na ocasião foi "Braseiro", de Marcos Barbosa, um dos principais autores nordestinos da nova geração. Nascido em Fortaleza, Ceará (1977), Marcos Barbosa é, desde 2005, Professor de Dramaturgia e Teoria do Teatro da Escola de Teatro da UFBA, onde desenvolve pesquisas na área da criação dramatúrgica.  Entre as peças desenvolvidas por Barbosa durante sua formação no Colégio de Dramaturgia estão “Os Sinos” (Prêmio Oficina do Autor, 1997) e “Braseiro” (Prêmio Lourdes Ramalho, 2000). Como dramaturgo recebeu o Prêmio Carlos Carvalho (Porto Alegre, 2005), por “Avental Todo Sujo de Ovo”; o Prêmio Braskem de Teatro (Salvador, 2004), por “Auto de Angicos” e o Prêmio Paulo Pontes (João Pessoa, 2001), por “Minha Irmã”.

A leitura do texto “Braseiro” de Marcos Barbosa, foi dirigia por Daniel Guerra, diretor convidado, e no elenco: Frank Magalhães, Francisco André e Daisy Andrade (membros do grupo) e os atores convidados: Caio Rodrigo e Cecília Moura.

Antes da leitura o público foi recebido com projeções sobre o projeto e fotos das ações já realizadas, como também, dos ensaios da leitura que iriam assistir. Passada a leitura ocorreu uma breve apresentação sobre a carreira do autor do texto Marcos Barbosa. Após a leitura, no foyer do teatro, cumprindo o ritual do projeto, um chá aguardava a plateia.

 

 Foto: Arquivo Finos Trapos

 

Fina Agenda Resumida

Blog