"Os Vaqueiros Azuis",  de  Carlos Petrovich.

 

A cultura popular nordestina o grande dispositivo criativo utilizado pelo Grupo Finos Trapos, seja em seus processos artísticos, pedagógicos e de pesquisa. Nesse sentido, o encontro com a obra de Carlos Petrovich (1936-2005), através da mediação mais que especializada da Professora,  então diretora da Escola de teatro da UFBA e pesquisadora de teatro popular Eliene Benício.

Integrante da Companhia de Teatro dos Novos, fundadora do Teatro Vila Velha, estudante da primeira turma da Escola de Teatro da UFBA, e figura ativa no teatro e cinema baiano de sua época, Carlos Petrovich - potiguar de nascimento e baiano de coração - a participou ativamente da vida cultural baiana e brasileira, deixando a sua marca nos trabalhos dramatúrgicos, encenações e nas suas pungentes atuações no teatro e cinema. Revelou toda uma geração de artistas da cena deixando uma legião de seguidores e admiradores do seu trabalho.

Ainda que profícuos, poucas são as montagens das obras escritas por Carlos Petrovich. Por isso, pensando em homenageá-lo, Eliene Benício, ao ser convidada para dirigir a quarta edição do Sotaque Nordestino dentro do projeto Afinações, nos apresentou a ideia de encenar o texto ainda inédito do autor de título  "Os Vaqueiros Azuis". O texto, elaborado em poesia nordestina, própria da literatura de cordel, alinhavado por cantigas originais, sendo farto material para uma montagem de espetáculo musical nordestino - Um tanto Finos Trapos -  narra, com linguajar desafiador a astuta história de Zé mateus e João Birico em seus devaneios cheios de realidade.  Os dois vaqueiros famintos saem sertão adentro para livrar o povo da sangria desatada de bois encantados, dragões e livrusias.

A leitura dramática de Os Vaqueiros Azuis ocorreu nos dias 27 de novembro de 2012 e dia 29 de janeiro de 2013, encerrando o projeto Afinações. Além da direção de Eliene Benício, a leitura contou com a participação dos atores convidados Bira Freitas, Ricardo Andrade e dos então finotrapianos Danielle Rosa, Daisy Andrade, Francisco André e Yoshi Aguiar.  

 

Foto: Leonardo Pastor

Fina Agenda Resumida

Blog